Marque aqui a Consulta
Clique aqui
MENU

Dicas para treinar papagaios



Dicas para treinar papagaios


1- O mais importante quando tentamos corrigir comportamentos errados em psitacídeos é nunca bater no animal. Além de o podermos magoar, estamos a fazer com que o animal adquira medo e tente morder para se defender. Eles não são pessoas, pelo que não compreendem que estão a fazer alguma coisa errada.

2- Veja se o seu animal tem as asas correctamente cortadas. Se o seu papagaio consegue voar, aumenta as probabilidades de poder fugir, de se magoar e de se considerar o líder do bando.

3- Não use luvas para o agarrar. Embora possa ter medo de o agarrar, os animais assustam-se com as luvas, além de as associarem à mão humana que passam a recear. Use um poleiro ou uma toalha para o agarrar.

4- Estabeleça uma palavra de comando para o animal. Coloque a sua mão ou um poleiro por debaixo da barriga da ave. Com uma pressão ligeira encoraje a ave a subir para a sua mão o para o poleiro dizendo a palavra de comando. Faça isto sempre que retirar a sua ave da gaiola pois irá facilitar a correcção de comportamentos errados.

5- Mantenha o seu papagaio sempre abaixo do nível do seu ombro, pois se não o fizer o animal vai sentir-se dominante. Na natureza a sua dominância é demonstrada através do posicionamento num ramo mais elevado.

6- Se a sua ave estiver a fazer alguma coisa que não é adequada deve dizer “Não” com voz firme, mas sem gritar, e depois da voz de comando, coloca--lo na gaiola coberto por uma toalha durante 20 minutos. As aves são animais sociais, pelo que não gostam de ser deixadas sozinhas o que as leva a perceberem que um mau comportamento as conduz à escuridão!!!

7- Não se esqueça de recompensar um bom comportamento. Quando se comportar bem, retire-a da gaiola, faça-lhe festas na cabeça e brinque um pouco com ela. Ela responderá melhor ao treino se tiver um estímulo positivo.

8- Não recompense maus comportamentos. Se lhe der atenção quando se está a comportar mal está a dar um reforço positivo. Se lhe gritar, está a dar-lhe atenção, que é o que ela quer. Mais vale dar-lhe com um esguicho de água e colocá-la no escuro durante 20 minutos.

9- Não brinque com ela nem a retire da gaiola se está num mau dia. As aves são extremamente sensíveis e notarão as suas emoções.

10- Tal como todos os animais, as aves necessitam de tempo para perceberem qual o comportamento que esperamos delas. Não consegue mudar o seu comportamento da noite para o dia. A paciência é o principal segredo.

Rui Patrício
Veterinário de Animais Exóticos



Voltar

" Temos como missão, Salvar vidas todos os dias. "

©2020 Hospital Veterinário Vasco da Gama. Todos os direitos reservados

Política de Privacidade.

Livro de Reclamações

Powered by CODEZONE

clinica veterinaria clinica veterinaria alverca hospital veterinario veterinario lisboa clinica veterinaria alverca urgencias veterinarias veterinario lisboa urgencia veterinario povoa de santa iria veterinario alverca veterinario urgencias veterinario odivelas